SEJA BEM-VINDO AO MEU MAR DE EMOÇÕES...

segunda-feira, novembro 20, 2006

AQUILO QUE A GENTE LEMBRA...



Aquilo que a gente lembra
Sem o querer lembrar,
E inerte se desmembra
Como um fumo no ar,
É a música que a alma tem,
É o perfume que vem,
Vago, inútil, trazido
Por uma brisa de agrado,
Do fundo do que é esquecido,
Dos jardins do passado
Aquilo que a gente sonha
Sem saber de sonhar,
Aquela boca risonha
Que nunca nos quis beijar,
Aquela vaga ironia
Que uns olhos tiveram um dia
Para a nossa emoção –
Tudo isso nos dá o agrado,
Flores que flores são
Nos jardins do passado
Não sei o que fiz da vida,
Nem o quero saber.
Se a tenho por perdida,
Sei eu o que é perder?
Mas tudo é música se há
Alma onde a alma está,
E há um vago, suave, sono,
Um sonho morno de agrado,
Quando regresso, dono,
Aos jardins do passado.
(Poema de Fernando Pessoa)

1 comentário:

KINA disse...

Brisa do mar,Confidente do meu coração
Me sinto capaz de uma nova ilusão
Que também passará,
Como ondas na beira de um cais
Juras, Promessas, Canções
Mas por onde andarás?...,
Pra ser feliz não há uma lei
Não há!, porém, sempre é bom
Viver a vida atento ao que diz
No fundo do peito o teu coração
E saber entender
Os segredos que ele ensinar
Mensagens sutis
Como a brisa do mar.


para ti,
com muito amor da tia