SEJA BEM-VINDO AO MEU MAR DE EMOÇÕES...

quinta-feira, março 25, 2010

O Silêncio...


"O silêncio tem sua própria música;
 é o silêncio que nos permite ver a nós mesmos
e as coisas que nos cercam”.

quarta-feira, março 24, 2010

PENSO EM TI...



«Está alta no céu a lua e é Primavera.
Penso em ti e dentro de mim estou completo.
Corre pelos vagos campos até mim uma brisa ligeira.
Penso em ti, murmuro o teu nome;
não sou eu: sou feliz.
Amanhã virás, andarás comigo a colher flores pelos campos,
E eu andarei contigo pelos campos a ver-te colher flores.
Eu já te vejo amanhã a colher flores comigo pelos campos,
Mas quando vieres amanhã e andares comigo realmente a colher flores,
Isso será uma alegria e uma novidade para mim.»


( Alberto Caeiro )

sexta-feira, março 19, 2010

11 Aninhos!!!


É a vida que nos proporciona tudo de que necessitamos.
Que nos mostra como devemos fazer e o que fazer para conseguir os nossos objetivos e nos tornarmos ainda melhores.
Como mãe,  sinto-me orgulhosa por tu seres a menina que és:
sincera; meiga; inteligente (por vezes bastante teimosinha :o))
 É fascinante ver como o tempo passa rápido...
Ainda hoje, olho para ti e  vejo nos teus olhinhos a mesma alegria e esperteza que vi quando nasceste.
Quero que saibas que independente de qualquer coisa continuaremos sempre ligadas pelos laços do amor e da família.
 Conta sempre comigo!
da tua Mãe um grande beijinho neste dia especial...


quinta-feira, março 18, 2010

Quem é...


Perguntaram ao rabino Ben Zoma:

“Quem é sábio?”
“Aquele que encontra sempre algo a aprender com os outros”, disse o rabino.
“Quem é forte?”
“O homem que é capaz de dominar a si mesmo”.
“Quem é rico?”
“O que conhece o tesouro que tem: seus dias e suas horas de vida,
que podem modificar tudo que acontece a sua volta”.
“Quem merece respeito?”
“Quem respeita a si mesmo e ao seu próximo”.
“Isto tudo são coisas óbvias”, comentou um dos presentes.
“Por isso são tão difíceis de serem observadas”, concluiu o rabino.

segunda-feira, março 15, 2010

CAMINHANDO ATÉ TI...



Eu ando assim
Ando atrás de ti
Acordo assim
Na estrada em que vou
E a cada passo
Sei saber melhor
O que vejo...
Melhor não há
Do que a condição
De querer sonhar
E esta paixão...
E eu gosto e posso...
Reparo sim
Estou a ser feliz
E vem a mim
O que eu sempre quis
Está muito bem
Andar por aqui
É tanto...
E amanhã
Só vai ser melhor
Ficar também
Só com o amor
E eu gosto e posso...
Melhor não há
Que a condição
De querer sonhar
E esta paixão...
Eu gosto e posso...

Estou aqui onde eu sei
Sei como venho
E sempre vim
Caminhando até ti...
Chego sempre a fugir
Cheguei agora
E vim aqui...

Caminhando até ti...
Caminhando até ti...
Caminhando até ti...
Caminhando até ti...

       
(Maria Leon / Rui Veloso)


sexta-feira, março 12, 2010

DIZEM ser o teu dia...

Dizem ser o teu dia
Mulher…
Que te maltratam
Com palavras, que corroem
Teu Ser, delicado
Com actos agrestes
Que mancham teu corpo

Dizem ser o teu dia
Homem... que sofres também
Desses actos sem afecto
Que maltratam, marcas deixam
Em teu rosto

Dizem ser o teu dia
Criança…
Que gritas o teu lamento
Abafado, no choro
Nesse pequeno rosto
Onde o medo já se vê
Em dor…


Em vão pedem ao
Vento, que espalhe por entre
Montes e vales…esse tormento
Pelo Mundo que a surdez o tolhe
Não só hoje, que dizem ser
O Teu dia…
O És todos os dias, nesse
Exercício diário de viver

Esse lamento de dor
Que dilacera o amor
Em registo na Alma
No acto do Teu nascer


Com elevação de pensamento
Rogo ao DIVINO…
Por vós

 
(*©õllyß®y)

segunda-feira, março 08, 2010

PARABÉNS!!! Amor Da Mãe...

Tu e a mana são o meu maior motivo de querer viver e acreditar na vida,
São o meu futuro sonhado e meu presente realizado,
A alegria que sinto ao ver-te completar o teu 5º aniversário, 
é de uma grandeza, que não consigo descrever...
Desejo-te tudo de bom que a vida te possa oferecer e
um dia muito feliz na nossa companhia,
Da tua Mãe e amiga que te Ama Muito...

quinta-feira, março 04, 2010

Memória...

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão

(Carlos Drummond de Andrade)

quarta-feira, março 03, 2010

terça-feira, março 02, 2010

AMAR-TE...

 
Amar-te é me perder sorrindo
Nos confins do pensamento...
Nesse horizonte lindo,
Navego ao sabor do vento.
Saboreio a brisa ardente
De tua presença amada,
Me entrego completamente,
Noite, dia e madrugada...
Continuemos, amor,


Apaixonados, constantes,
Amanhã mais que agora
E agora bem mais que antes.
Enlacemos nossas vidas,
Nossos corpos, corações,
Degustando eternamente
Saborosas tentações...

(Oriza Martins)

segunda-feira, março 01, 2010