SEJA BEM-VINDO AO MEU MAR DE EMOÇÕES...

sexta-feira, fevereiro 29, 2008

O TEU AMOR...



O teu amor...
Chegou como uma brisa fresca pela manhã
Chegou devagar, sabendo e conhecendo os meus medos.
O teu amor chegou leve...
O teu amor soube esperar...
E quando dei por mim, já não estava só,
já não era eu, eramos nós...
Fiquei presa em ti
embora as grades sejam nada,
a não ser carinho e amor
E o teu amor verdadeiro
eu o guardei na alma,
entre os seios...
Pra mim....

quinta-feira, fevereiro 28, 2008

QUE ESTA LUZ...



Que esta luz que desponta

seja o pilar que me sustenta

O ar que eu respiro

O tudo que me alimenta

Que seja clara

Calma,

e intensa.

E venha leve,

E me leve com o vento

E ilumine este momento.

Que me mostre que ficou!

Que deixe o teu gosto

Em tudo o que não for imposto.

E seja o oposto

Do tudo que já acabou.

Que seja o que procuro.

Que chegue como a lua no escuro:

Sorrateira, acalmando

e iluminando

a minha vida...

Que seja amor!

terça-feira, fevereiro 26, 2008

ALMAS GÉMEAS...


« Não existe tempo, distância,
caminhos nem desencontros que nos separe.
O teu olhar é o meu.
Teu sentir é nosso.
Juntas olhamos o céu envolvidas na noite
em que o Luar é nosso, pedindo o mesmo.
Não precisamos falar,
porque o nosso silêncio interior se entende
deitados na madrugada.
Esta minha alma não sei se é tua se minha.
Quando a tua oiço sou eu.
Almas nascidas de um só parto Divino
em que o Amor é pai e mãe.
Almas gémeas que num só olhar se reencontram.»

Celeste Saiedi

sábado, fevereiro 16, 2008

FLORESTA ENCANTADA...


"É preciso que a floresta chore e
se dobre como ombros de homem,
figuras mortas dentro de árvores vivas.
Floresta agora animada de rostos
- intelecto, contorsões de espírito.
Àrvores desviando em homem e mulher,
bi-faces, tornando-se nostálgicas ao mexer das folhas.
Àrvores que se deitam, troncos reluzentes,
floresta sacudida de uma revolta tão amarga
que eu ouvia gemer dentro
da sua mais profunda consciência vegetal."



Anais Nin in A Casa do Incesto



quinta-feira, fevereiro 14, 2008

DOIS EM UM...


«Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas ,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.»


Pois é meu Amor eu sou uma sortuda que reuniu no mesmo homem um Amigo e o um Amor, tu moras dentro de mim...
Quero te dizer que serás o meu namorado hoje e sempre

AMO-TE ZLL...

Beijokas minhas e das princesas

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

O Amor Perfeito...



"Por favor, não me analise
Não fique procurando cada ponto fraco meu.
Se ninguém resiste a uma análise profunda,
Quanto mais eu...
Ciumento, exigente, inseguro, carente
Todo cheio de marcas que a vida deixou
Vejo em cada grito de exigência
Um pedido de carência, um pedido de amor.
Amor é síntese
É uma integração de dados
Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias
Ninguém consegue abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços

E eu serei o perfeito amor."



Mário Quintana

sexta-feira, fevereiro 08, 2008

SEM AR...

Meus pés não tocam mais o chão.
Meus olhos não veêm minha direção.
Da minha boca saem coisas sem sentido.
Você era meu farol e hoje estou perdido.
O sofrimento vem à noite sem pudor.
Somente o sono ameniza minha dor.
Mas e depois? E quando o dia clarear?
Quero viver do teu sorriso teu olhar.
Eu corro pro mar pra não lembrar você.
E o vento me traz o que eu quero esquecer.
Entre os soluços do meu choro eu tento te explicar.
Nos teus braços é o meu lugar.
Contemplando as estrelas, minha solidão.
Aperta forte o peito é mais que uma emoção
Esqueci do meu orgulho pra você voltar
Permaneço sem amor, sem luz, sem ar...
Perdi o jogo, tive que te ver partir.
E minha alma sem motivo para existir.
Já não suporto esse vazio quero me entregar
Ter você pra nunca mais nos separar
Você é o encaixe perfeito do meu coração.
O seu sorriso é a chama da minha paixão.
Mas é fria a madrugada sem você aqui.
Só com você no pensamento.
Eu corro pro mar pra não lembrar você.
E o vento me traz o que eu quero esquecer.
Entre os soluços do meu choro eu tento te explicar.
Nos teus braços é o meu lugar.
Contemplando as estrelas minha solidão.
Aperta forte o peito é mais que uma emoção
Esqueci do meu orgulho pra você voltar
Permaneço sem amor, sem luz...
Meu ar, meu chão é você
Mesmo quando fecho os olhos
Posso te ver...
Eu corro pro mar pra não lembrar você.
E o vento me traz o que eu quero esquecer.
Entre os soluços do meu choro eu tento te explicar.
Nos teus braços é o meu lugar.
Contemplando as estrelas minha solidão.
Aperta forte o peito é mais que uma emoção
Esqueci do meu orgulho pra você voltar
Permaneço sem amor, sem luz
sem ar

D' Black - Sem Ar

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

NÃO HÁ. ..


"Não há duas peles de igual textura;
nunca é a mesma luz, a mesma temperatura,
as mesmas sombras, nunca são os mesmos gestos;
porque um amante, quando animado do verdadeiro amor,
é capaz de vencer séculos e séculos de ciência amorosa.
Quantas mudanças de tempo,
quantas variações de maturidade e de inocência,
de arte e de pervercidade..."


ANAÏS NIN in Delta de Vénus - Prefácio