SEJA BEM-VINDO AO MEU MAR DE EMOÇÕES...

terça-feira, maio 22, 2007

SOU...

Sou um ser que odeias mas que gostas de amar

...Sou a voz da tua alma que te faz levitar
O átrio da escada para tu te sentares
Sou as cartas rasgadas que tu não lês
A tua verdade, mostrando quem és
Sou um ser que odeias mas que gostas de amar
Como um barco perdido à deriva no mar
A vida que levas de novo outra vez
O mundo que gira sempre a teus pés
Sou a palavra amiga que gostas de ouvir
A sombra esquecida que te viu partir...
(JPP)

6 comentários:

brisa de palavras disse...

Gosto desse poema....e muito da frase inicial quantas vezes o amor e o ódio se confudem....
um abraço
brisa de palavras

Amaral disse...

Ser... agora e sempre!...
Quando se "é", toda a verdade leva à criação!
A vida flui como o ar que se respira...

collybry disse...

Minha querida, o odio é o estremo do amor,não se confunde...amar é como seda suave doce________meu beijo e meu rastooo

cacharel disse...

Lindooooooo!
Uma das músicas mais "tocantes" de João Pedro Pais. Adoro.

O ódio... o amor... sentimentos fortes e tão distintos mas que às vezes se confundem nas mentes mais controversas.

Beijinhos****

Secreta disse...

Por incrivel que pareça a letra desta música diz-me muito ... só agora tenho noção disso.
Beijito

A.S. disse...

Uma letra bonita e bem musicada!


Beijo!