SEJA BEM-VINDO AO MEU MAR DE EMOÇÕES...

quinta-feira, fevereiro 26, 2009

COMO UMA CIGANA...




Como uma cigana,
sou andarilha
sou vento sem rumo
sou brisa no mar
sou saia a rodar
Paro em qualquer trilha
corro à beira mar
sou luz e magia
sou doce encanto a dançar
sou como a cigana do amor ao luar
sou livre
sou leve
sigo o coração
siga a emoção
vivo nos sonhos
vivo nos caminhos
sou mulher
sou faceira
sei até ser feiticeira
uso magia do olhar
olhos de emoção olhos do coração...
vislumbre da lua
encanto de alma...
minha alma tem cores
cores iluminadas
fazem-me brilhar
fazem-me amar
sou como a cigana apaixonada
sou como cigana
encanto e me encanto
sou como a cigana andarilha
seguindo a minha trilha
seguindo o som do meu coração
som do meu destino
som do meu caminho que me faz rodopiar pela vida
esperando um grande amor chegar!

3 comentários:

entremares disse...

"Sou vento sem rumo
sou brisa no mar
sou saia a rodar... "

Gostava de lhe acrescentar umas notas musicais, o resto já lá está.

Gostei muito.

Menina do Rio disse...

Feiticeira
faceira
mulher...
Pura magia

Um beijo pra ti

Amaral disse...

Uma cigana assim, tão doce e cheia de virtudes, tão feiticeira, tão leve, tão livre, tão cheia de amor - não vai esperar muito, se é que está mesmo à espera do seu príncipe!...
Muito intenso o teu poema!